17.07.17

O segundo round da Alumini

A decisão do ministro Edson Fachin, que, na semana passada, suspendeu o bloqueio de R$ 100 milhões da Alumini Engenharia imposto pelo TCU, resolveu parte do problema da empreiteira. A etapa mais difícil ainda está por vir: a empresa já entrou na Justiça com uma ação anulatória para derrubar a declaração de inidoneidade feita pela CGU em março – informação confirmada ao RR pela Alumini.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.