fbpx
08.11.19

Lula livre agradece o pacote fiscal do governo

Os telefones dos membros da equipe econômica, o ministro Paulo Guedes à frente, tocaram sem parar ao fim da sessão do Supremo Tribunal Federal que julgou contra a prisão em segunda instância. A eminência do Lula livre significa um esforço muito maior para aprovação do “Pacote 3D” – desindexação, desvinculação e desobrigação. As medidas para redução do déficit público são um programa de oposição sob medida para Lula, que deverá trocar o Estado de Emergência Fiscal pelo Estado de Emergência Social. Levantaram a bola para o ex-presidente. Lula vai focar seu discurso nas medidas de arrocho fiscal, que preveem, inclusive, restrições ao salário mínimo. A preocupação da equipe econômica, incluindo o triunfalista Paulo Guedes, é justamente a dedicação de Lula em angariar apoio contra as medidas. O líder do PT vai satanizar em tempo integral Jair Bolsonaro, Guedes e os economistas do governo, que sairão do conforto dos braços do Congresso para o ataque permanente dos trabalhadores, regidos por Lula nos palanques e nas redes sociais

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08/11/19 9:57h

Mufasa06

disse:

ok bot

08/11/19 6:29h

capeto

disse:

O tom da matéria é de júbilo caso a hipótese se confirme. Uma pena que o RR de papel que traz tantas saudades - e de tão claro posicionamento político e econômico - tenha também se transformado em um boletim "politicamente correto" e de posicionamentos de esquerda. Com esse atraso ideológico, que contamina a tudo e a todos, estamos mesmo fadados ao atraso e à miséria. Já há países da África com grau de desenvolvimento maior que o nosso e aqui ainda se incensa um mafioso "metalúrgico", grosseiro e ignorante...