21.07.16

Pobre CBF

 A crise chegou à CBF – ou, pelo menos, ao seu andar de baixo. Nos últimos dois meses, a entidade demitiu mais de 20 funcionários. Por ora, os cortes de custos não atingiram o Olimpo da cartolagem, leia-se as 17 diretorias remuneradas. • Procuradas, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto:  CBF.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.