18.04.19
ED. 6097

Voto sem papel

De acordo com uma fonte do próprio STF, a proposta de voto impresso na eleição de 2020 já teria quatro votos contrários na Corte – os ministros Luis Roberto Barroso, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Edson Fachin. O assunto voltou à tona após o pedido protocolado ontem pelo deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) solicitando informações sobre o andamento do processo no Supremo. Em junho do ano passado, o plenário rechaçou, por oito votos a dois, a implantação do voto impresso no pleito de 2018.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.