17.12.18
ED. 6016

Quem vigia o Victor?

Grandes bancas estão preocupadas com a retomada dos trabalhos no STF em 2019, logo após o recesso do Judiciário. Nada a ver com alguma pauta específica, mas, sim, com o novo sistema de inteligência artificial lançado neste mês pelo Supremo: o Victor. A tecnologia promete separar e distribuir por gabinete em menos de cinco minutos recursos extraordinários que chegam à Casa – um servidor do STF leva meia hora para fazer o mesmo trabalho. Advogados, no entanto, temem que muitos processos sejam indevidamente devolvidos aos tribunais dos estados por “erro do sistema”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.