fbpx
16.07.18

Pressão do andar de cima

Para o presidente da Gafisa, Sandro Gamba, tão ou mais importante do que levantar prédios é erguer o caixa da incorporadora. Gamba tem sido pressionado pelos fundos de investimento que habitam o capital da empresa a acelerar a venda de imóveis em estoque, com uma política agressiva de descontos. Há cerca de um ano, a Moody ́s rebaixou o rating da Gafisa muito em função dos recorrentes Ebitdas negativos. No primeiro trimestre deste ano, após um longo hiato, a empresa voltou a registrar uma cifra positiva, de R$ 3 milhões. A escalada, no entanto, é íngreme: em pouco mais de um ano, a Gafisa acumulou um Ebitda negativo da ordem de R$ 250 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.