05.12.17
ED. 5759

Cadeira vazia

Pessoas próximas a Dilma Rousseff, a começar pelo próprio presidente do PT-RS, o deputado Pepe Vargas, ainda tentam convencê-la a disputar uma cadeira no Senado em 2018. Dilma reluta. Para todos os efeitos, uma da vagas do partido ainda está em aberto – a primeira será de Paulo Paim, candidato à reeleição.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.