fbpx
19.06.18

O “oni-presente” Ciro Gomes

Os assessores de Ciro Gomes querem fazer do lançamento oficial da campanha, no dia 20 de julho, não apenas um, mas vários eventos simultâneos. Além do anúncio formal, na sede do PDT em Brasília, a proposta sobre a mesa prevê a realização de ações paralelas em pelo menos 12 capitais, não por coincidência o exato número de propostas que o candidato promete apresentar no mesmo dia, como a espinha dorsal do seu programa de governo. A ideia é vincular questões específicas de cada cidade a soluções que serão divulgadas por Ciro – o Rio de Janeiro, por exemplo, estaria ligado à temática “segurança pública”. Os coordenadores da campanha entendem que o formato poderá ter expressivo impacto midiático. A estratégia tem seus riscos. Pode até ser que, no caso de Ciro Gomes, o resultado seja diferente, mas espera-se que seus assessores tenham levado em consideração o case às avessas protagonizado por Geraldo Alckmin. O anúncio do seu plano para a área de segurança pública, exatamente no Rio, foi um fracasso. O evento não arrastou mais do que 25 pessoas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.