fbpx
22.11.19

Momentos esquecíveis da PwC

Contadores não são dos mais retóricos e procuram se ater àquilo que sabem. O presidente global da PwC, Bob Moriz, foge à boa norma. Bob está visitando a operação da empresa no Brasil. Talvez por ter contraído alguma febre tropical nessas paragens, o executivo deu uma entrevista de ruborizar os próprios funcionários. O ponto alto do corta e cola foi: “O Brasil tem uma ótima oportunidade de se destacar, atrair investimentos privados e crescer apoiado pelas reformas, mas, para isso, vai precisar colocar os planos em prática e apresentar o resultado das reformas estruturais”. Faltou recomendar uma Cibalena.

E o presidente da PwC Brasil ainda é Fernando Alves, o “Bigode”? O Google diz que é o cara. Mas trata-se de um sujeito tão irrelevante que fica difícil acreditar no site de busca. Saudades de Nilton Latorraca

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.