fbpx
28.01.19

Greve geral

O ministro Sérgio Moro vai dividir com o GSI a missão de monitorar os preparativos da greve geral convocada pelas centrais sindicais para o dia 20 de fevereiro. Além da questão da ordem pública, o assunto também entra na jurisdição do superministério de Moro por outra via. Com o fim da Pasta do Trabalho, a Justiça assumiu a Coordenação-Geral de Registro Sindical, carregando para si parte da interlocução com as entidades da classe trabalhadora.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.