fbpx
17.12.19

Farrapos fiscais

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, tem feito gestões junto ao ministro Paulo Guedes na tentativa de obter um repasse da União da ordem de R$ 2 bilhões. Seria uma antecipação de recursos da futura privatização da distribuidora de energia CEEE, prevista para o ano que vem. A “securitização” se daria dentro do acordo para o refinanciamento da dívida gaúcha com a União. O problema é que o estado parou de pagar ao governo central.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.