Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
25.09.17
ED. 5711

A nova comuna de Aldo Rebelo

Aldo Rebelo, que deixou para trás 40 anos de PCdoB, assina nesta semana sua ficha de filiação ao PSB com uma ideia fixa: ser candidato a vice-presidente da República. Isso, claro, se a sigla não desaparecer em um mar de partidos numa coalizão em torno de Geraldo Alckmin.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

11.09.17
ED. 5701

A desavergonhada base aliada de Alckmin

A capitalização da Sabesp virou objeto de um descarado joguete político em São Paulo. Deputados aliados – muy aliados – de Geraldo Alckmin ameaçam brecar este e outros projetos de interesse do Palácio dos Bandeirantes na Assembleia Legislativa. O motivo da “rebelião”, liderada por parlamentares do PSB, PTB e do próprio PSDB, é o de sempre e pode se descrito sob a forma de cifrões.

Alckmin teria descumprido a promessa de liberação adicional de verbas do orçamento estadual. Geraldo Alckmin passou o feriadão trabalhando nos bastidores para conter o motim e evitar atrasos no redesenho da Sabesp. A proposta de criação de uma holding de saneamento que terá a estatal embaixo foi a engenharia encontrada pelo governo para capitalizar a empresa sem vender suas ações – operação que envolve até o IFC, do Banco Mundial.

Tudo, no entanto, pode ficar parado semanas, meses, se assim os deputados quiserem. A primeira represália mais aguda contra Alckmin veio na semana passada: vinte dos 21 líderes de bancadas da Assembleia assinaram um requerimento exigindo que o presidente da Casa, Cauê Macris (PSDB), coloque em votação a Proposta de Emenda à Constituição estadual (PEC 5) que altera o limite de remuneração do funcionalismo público e desarruma o orçamento paulista.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.09.17
ED. 5696

Coisas da genética política

A família Campos/Arraes é um rio que vai se dividir ainda mais nas próximas eleições. No PSB e no próprio clã, é grande a “pressão” para que João Henrique Campos, filho de Eduardo Campos e tido como o seu sucessor político, se candidate à Câmara dos Deputados. Caso aceite a convocação, provavelmente dividirá palanque no Recife com o candidato tucano à presidência, sobretudo se ele for Geraldo Alckmin, aliado do PSB. Neste caso, o jovem João Henrique baterá de frente com Marilia Arraes. Prima de Eduardo Campos e neta de Miguel Arraes, Marilia concorrerá ao governo de Pernambuco pelo PT.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

eduardocampos-rr-5683
15.08.17
ED. 5683

O inventário político de Eduardo Campos

O PSB alimenta a expectativa de que Ana Arraes, mãe de Eduardo Campos, deixe seu cargo no TCU para disputar uma vaga na Câmara ou no Senado em 2018. Seria o nome e sobrenome mais forte numa família que, sozinha, já é um partido. Antônio e Pedro Campos, respectivamente irmão e filho de Eduardo, concorrerão a deputado federal. Marilia Arraes, sua prima, será candidata ao governo de Pernambuco. Veladamente, ou nem tanto, todos duelam pelo capital político do ex-governador pernambucano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.08.17
ED. 5673

Caça às bruxas no PSB

A direção nacional do PSB vai se reunir amanhã mesmo, após a votação do pedido de abertura de inquérito contra Michel Temer, para decidir o que fazer com os parlamentares que ficarem ao lado do governo. Ontem à noite, Beto Albuquerque, um dos líderes do partido, defendia uma punição para os dissidentes, leia-se a expulsão do partido.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.07.17
ED. 5664

Os Maias

A “base aliada” de Rodrigo Maia ganhou novas adesões. Na tarde de ontem, Maia confidenciou a uma fonte do RR que dá como certo o apoio de todos os deputados do PDT e de dois terços da bancada do PSB a sua candidatura à Presidência em caso de eleição indireta.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.07.17
ED. 5656

Operação França

O vice-governador de São Paulo, Marcio França, é pule de dez para assumir a presidência do PSB. Bom para Geraldo Alckmin, que garante, desde já, a aliança siderúrgica com a sigla para a sua candidatura à Presidência da República. Fica faltando o apoio do próprio PSDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

08.05.17
ED. 5613

Camisa 11

PROS e PR querem “comprar” o passe de Romário (PSB). No primeiro, ele tem a garantia de ser o candidato ao governo do Rio em 2018. No caso do PR, no entanto, provavelmente ficará na reserva de Anthony Garotinho ou de sua filha, Clarissa Garotinho. Não é do feitio do baixinho…

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.02.17
ED. 5551

Petista assediado

É grande o risco do PT perder uma de suas principais lideranças no Nordeste. O  governador do Ceará, Camilo Santana, vem sendo cortejado não só pelo PSB, mas até mesmo pelo PSDB. O cupido, neste caso, é o senador Tasso Jereissati.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.11.16
ED. 5498

Cavalo dado…

O PSB foi contra o apoio de Romário a Marcelo Crivella, mas nada fará para evitar que o senador indique um dos secretários do futuro prefeito.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.08.16
ED. 5427

Portas abertas

 PDT e PRB já abriram as portas ao senador Romário. A permanência do ex-jogador no PSB tornou-se uma incógnita após a sua mal contada desistência de concorrer à Prefeitura do Rio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

25.02.16
ED. 5314

Arco-íris

 O velho PSB virou um balaio de gatos. Além do flerte com Geraldo Alckmin, abriu as portas para ACM Netto, que levaria boa parte do DEM.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

 O deputado federal Luciano Ducci (PSB) está disposto a enfrentar de qualquer jeito o prefeito Gustavo Fruet (PDT) na disputa por Curitiba. A carta na manga de Ducci é o apoio, ainda velado, do governador Beto Richa, de quem foi vice na prefeitura até 2010.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

07.08.15
ED. 5180

A senadora Marta Suplicy

A senadora Marta Suplicy anda num permanente estado de êxtase. Nunca antes ela se sentiu politicamente tão desejada: além do PSB e do PMDB, o PROS também tem mandado flores e bilhetinhos de amor para a ex-petista

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.07.15
ED. 5155

Estilo Marta

Já faz dois meses que o presidente do PSB-SP, Marcio França, mofa com a ficha de filiação nas mãos, a  espera da assinatura de Marta Suplicy. Qual o espanto?

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.