fbpx
13.08.20

Assunto explosivo

O MPF já se mobiliza para pedir à Justiça uma inspeção em todos os terminais portuários do país com armazenamento de combustíveis e outros materiais inflamáveis. O MPF é movido, claro, pela tragédia no porto de Beirute, no Líbano, na semana passada. No fim, tem tudo para dar em nada. Em tempo: não custa lembrar que, em 2015, um incêndio de grandes pro- porções atingiu tanques de combustíveis da Ultracargo no Porto de Santos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.