Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
24.05.19
ED. 6121

Etanol na veia

A gestora norte-americana Castlelake está prospectando usinas de etanol no Brasil. O que não falta são empresas na bacia das almas – há quase uma centena de grupos em recuperação judicial. O Castlelake administra cerca de US$ 15 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.04.19
ED. 6103

Governo Bolsonaro ajoelha no milho

Como se não bastassem os iminentes cortes no crédito agrícola por parte do BB e os atritos diplomáticos com os países árabes, surge mais um ponto de tensão entre a gestão Bolsonaro e os ruralistas. Produtores de milho, escoltados pela Frente Parlamentar da Agricultura, pressionam o governo a adotar medidas emergenciais para compensar o que se anuncia como uma das maiores quedas dos preços da commodity dos últimos cinco anos. Segundo a fonte do RR, as reivindicações vão de um pacote de subsídios para o segmento e incentivos fiscais para o aumento da fabricação de etanol de milho. Os produtores cobram também garantias de compra de parte da próxima safra. Procurado, o Ministério da Agricultura diz “desconhecer as reivindicações”. A Pasta informa que a produção de etanol “de milho ou de cana já possui forte apoio do governo federal, com a mistura obrigatória de 27% na gasolina”. O Ministério disse que “tem a responsabilidade de garantir o preço mínimo, mas não necessariamente pela de compra do produto, mas preferencialmente por equalização de preços”. Curiosamente, no momento, há falta de milho em algumas regiões. É o caso do Mato Grosso, onde a Conab tem feito leilões de estoques públicos. No entanto, o cenário tende a mudar significativamente nos próximos meses. Estudos do Ministério da Agricultura apontam que a colheita de milho na safra 2018-19 será recorde, com mais de 94 milhões de toneladas. Caso a projeção se confirme, serão 14 milhões de toneladas a mais do que no ano passado. Há estimativas de que os preços possam cair até 20% ainda neste ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.08.18
ED. 5944

Startups do álcool

O Grupo São Martinho está semeando alguns milhões de reais no financiamento de startups. O foco é o desenvolvimento de novas tecnologias para a produção de açúcar e etanol.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

28.08.18
ED. 5941

Vai chover etanol de milho

A Pacific Ethanol, uma das maiores produtores de etanol de milho dos Estados Unidos, prepara sua entrada no Brasil. Tem mantido contatos com os governos do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. A empresa vai concorrer com a conterrânea Summit Agricultural Group, sócia da Tapajós Participações na FS Bioenergia, que anunciou a construção de sua segunda usina no Brasil – conforme antecipou o RR na edição de 19 de abril deste ano.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.12.17
ED. 5776

Bagaço do bagaço

O Brasil chega ao fim de 2017 com 50 usinas de etanol em recuperação judicial. Há dois anos, eram 79. Sinal de melhora? Nem um pouco. Boa parte da turma da primeira contagem faliu.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.09.17
ED. 5696

Milharal

O governo do Mato Grosso está semeando um pacote de medidas para estimular a instalação de usinas de etanol de milho no estado. A safra é puxada pela norte-americana Summit Agricultural Group, que já tem um projeto de R$ 400 milhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

10.07.17
ED. 5657

Blindagem

Um dos maiores produtores de etanol do país, o Grupo Virgolino de Oliveira (GVO) está fazendo de tudo para salvar dedos e anéis nas negociações com os bondholders. Todo o esforço está concentrado em preservar suas quatro usinas, transferindo aos credores apenas ativos não operacionais. No total, o grupo deve mais de US$ 800 milhões aos sedentos bondholders.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.07.17
ED. 5654

Caldo de cana

O fundo norte-americano Lone Star, especializado em créditos podres, está percorrendo os canaviais brasileiros disposto a comprar dívidas de usinas de etanol. O que não falta é bagaço: na última safra, o passivo da indústria sucroalcooleira bateu nos R$ 100 bilhões. São mais de 80 usinas em recuperação judicial.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.03.17
ED. 5571

Ao pé do ouvido

Grandes usineiros paulistas foram ao presidente Michel Temer pedir que o governo freie as importações de etanol anidro. Embora a produção de cana esteja na entressafra, as usinas ainda dispõem de expressivos estoques. Com o aumento das importações, os preços do etanol anidro já caíram quase 5% desde dezembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.01.17
ED. 5530

O etanol de Buffett

O Ranch Capital, gestora norte-americana que tem entre seus investidores Warren Buffett, está à caça de usinas de etanol no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.12.15
ED. 5277

Sem açúcar

 A DGF, sócia da Tonon Bioenergia por meio do FIP Terra Viva, busca um comprador para sua participação. Com três usinas de etanol, a Tonon tem uma dívida de R$ 2,8 bilhões. Procurada pelo RR, a DGF não retornou.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.06.15
ED. 5135

Etanol de milho

A CHS, uma das maiores produtoras de etanol de milho dos Estados Unidos, iniciou os preparativos para construir sua primeira fábrica no Brasil. O grupo negocia com o governo do Mato Grosso do Sul um pacote de benefícios para instalar um cinturão de fornecedores na região de Dourados.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.