09.11.18
ED. 5991

A propaganda não foi a alma do negócio

Entre os motivos que ajudaram a minar a indicação de Luiz Antônio Nabhan para o Ministério da Agricultura, um dos principais foi o excesso de autopromoção. No início da semana, chegou aos ouvidos de Jair Bolsonaro a informação de que Nabhan estaria angariando recursos para publicar anúncios na mídia entaltecendo a UDR e seu presidente, ou seja, ele próprio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.