22.11.17
ED. 5750

Sinal quase verde para a Brookfield

O Conselho de Administração da Cemig deverá se reunir nos próximos dias para avaliar a oferta vinculante apresentada pela Brookfield para a compra da Renova Energia, pertencente à estatal mineira e à Light, sua controlada. A tendência é que o board aceite preliminarmente a proposta, o que dará aos canadenses direito de exclusividade para negociar a aquisição pelos próximos 60 dias. É a segunda tentativa da Brookfield de fisgar a Renova. Em junho, o grupo fez uma proposta de aporte de capital na empresa de energia renovável, mas as negociações não andaram.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.