06.09.18
ED. 5948

Osso duro de roer

A saída de Martin Secco da presidência do Marfrig estaria ligada a desentendimentos com Marcos Molina, controlador da companhia. O figurino de presidente do Conselho é apertado demais para Molina.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.