24.03.17
ED. 5585

O destino de Nildemar

Há barões na pauliceia fazendo verdadeiras exegeses para interpretar a saída de Nildemar Secches do Conselho de Administração do Itaú. Entre os achismos, ele teria saído pela incompatibilidade do cargo com uma missão maior, bem maior.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.