Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
assuntos

AES Tietê

Relacionados

09.01.19
ED. 6029

AES Tietê e as dores do crescimento

O aumento da alavancagem da AES Tietê tem sido motivo de preocupação para os minoritários da empresa – entre os quais figura o BNDES. A relação dívida líquida/Ebitda teria fechado o ano de 2018 no patamar de 3,2. E vai aumentar caso se concretize a negociação com a Renova Energia para a compra do Complexo Eólico Alto Sertão III. A operação gira em torno de R$ 1,6 bilhão, sendo R$ 1.2 bilhão em assunção de dívida. Ressalte-se que os covenants, ou seja, as garantias para três séries de debêntures emitidas pela AES Tietê preveem um limite para a dívida líquida de 3,85 vezes o Ebitda.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.12.18
ED. 6018

Ventos natalinos

O Natal da AES Tietê será com aquisição: a empresa deverá anunciar na próxima semana a compra do parque eólico Alto do Sertão III junto à Renova Energia, leia-se Cemig. Vai desembolsar R$ 1,6 bilhão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.