20.07.15
ED. 5166

Conta-gotas

O repasse emergencial de R$ 3,8 bilhões da Caixa Econômica para a Eletronorte resolveu apenas parte do problema. A subsidiária da Eletrobras ainda precisa de R$ 11 bilhões para garantir a execução das obras de Angra 3.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.