13.08.19
ED. 6177

Um sinal de vida na hotelaria carioca

Um monumento de concreto à falência do Rio poderá renascer das cinzas. Segundo uma fonte envolvida na operação, a GJP, holding hoteleira do empresário Guilherme Paulus, está em negociações para a compra do prédio do antigo Hotel Nacional. As gestões seriam conduzidas por intermédio do Credit Suisse. O imóvel pertence ao empresário goiano Marcelo Limírio. Consultada, a GJP diz “desconhecer a informação”. No entanto, de acordo com a mesma fonte, a empresa já teria, inclusive, iniciado o processo de due diligence. O projeto da GJP envolveria a instalação de um hotel no conceito de multipropriedade, com a negociação fracionada dos quartos entre diversos investidores. O icônico imóvel em formato cilíndrico, encravado no bairro de São Conrado, na Zona Sul, vive uma longa sina desde o fechamento do Hotel Nacional, em 1995. Já passou pelas mãos do “Papa-tudo” Arthur Falk e do grupo hoteleiro espanhol Meliá.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.