26.06.18

Perigo ainda maior

Além do combate às fake news, a força tarefa do TSE e do serviço de Inteligência do Exército vai mergulhar nas redes sociais para rastrear comunicações entre o crime organizado nas eleições.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.