fbpx

Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos

O Ministério da Infraestrutura trabalha com a data de março de 2021 para o leilão da Ferrogrão. Segundo o RR apurou, a Pasta mantém tratativas com grandes tradings agrícolas interessadas no negócio, a exemplo da Louis Dreyfus, Amaggi e Cargill. Todas topam entrar na operação, desde que o BNDES, redescoberto com o coronavírus, faça parte do comboio. O investimento total beira os R$ 13 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.05.20

…Outra na ferradura

O Ministério da Infraestrutura vai enviar ao TCU, até a próxima semana, os estudos para a privatização da Ferrogrão. A essa altura, é mais para cumprir tabela. Com a pandemia, o projeto de R$ 15 bilhões não sai do papel tão cedo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.02.20

“Transiberiana”

Os russos da RZD estão submersos nos números da Ferrogrão, uma das concessões que o ministro Tarcisio Freitas pretende leiloar neste ano. O grupo é representado no Brasil por Bernardo Figueiredo, ex-presidente da Empresa de Planejamento e Logística no governo Dilma. O senão é que os russos têm fama no governo de olhar, olhar, olhar e não investir em nada.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

06.12.19

Adviser mundial

Há tratativas conduzidas pelo Ministério da Infraestrutura para que o Banco Mundial participe da modelagem para a licitação da Ferrogrão. Por meio do IFC, seu braço financeiro, o Bird já participa dos estudos para a renovação da concessão da Via Dutra, que expira em fevereiro de 2021.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

05.12.19

Extra! Extra!

A Etihad Railway, dos Emirados Árabes, é a carta no colete do ministro Tarcísio Freitas para o leilão da Ferrogrão.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

21.11.19

Fundo árabe

Em janeiro, representantes do fundo soberano da Arábia Saudita deverão desembarcar no Brasil para conhecer o projeto da Ferrogrão. É um primeiro passo na promessa dos árabes de investir US$ 10 bilhões no Brasil.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

31.10.19

O trem tem que partir

A ordem na ANTT e no Ministério da Infraestrutura é encaminhar o edital de concessão da Ferrogrão ao TCU até dezembro. Tudo para que o leilão ocorra no primeiro semestre de 2020.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

01.07.19

As próximas rotas do Farallon no Brasil

A aquisição da Rota das Bandeiras junto à Odebrecht Rodovias foi apenas o cartão de visitas do Farallon em infraestrutura no Brasil. A gestora, que administra mais de US$ 25 bilhões, planeja investir também no transporte ferroviário. A Ferrogrão é um negócio visto com bons olhos pelos norte-americanos. A gestora vislumbra um retorno mais rápido do que o habitual devido à possibilidade de associação com grandes players do agribusiness, como Louis Dreyfus, Cargill e Amaggi, que trariam a reboque a garantia de carga para a ferrovia. Em tempo: no quesito interlocução com o governo, poucos investidores estão tão bem posicionados quanto o Farallon. O nº 1 da empresa no Brasil, Daniel Goldberg, mantém linha direta com Paulo Guedes. No fim do ano passado, chegou a ser cogitado para integrar a equipe econômica. É provável que o aposto de ex-secretário de Direito Econômico do governo Lula tenha jogado contra.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.05.19

Parceria chinesa sobre trilhos brasileiros

A China Railway Guangzhou Group fez chegar ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, seu interesse em participar da privatização da Ferrogrão – obra de 933 km que conectará o Mato Grosso (Sinop) ao Pará (Itaituba). O governo já vislumbra a possibilidade de um consórcio entre o grupo e a conterrânea China Railway para a construção da ferrovia, orçada em quase US$ 3,5 bilhões.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.12.18

Tem passageiro novo na Ferrogrão

Louis Dreyfus, Amaggi, ADM e Cargill abriram um canal de interlocução com a equipe de Jair Bolsonaro. As discussões envolvem o estudo de viabilidade para a Ferrogrão. O fato novo é a possibilidade de grandes agricultores do Centro-Oeste entrarem no comboio, financiando a construção da ferrovia. O projeto começou nos R$ 8 bilhões. No cálculo mais recente, a contagem já estava em quase R$ 13 bilhões.

Por falar em ferrovias, o futuro ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas, está com uma pulga atrás da orelha devido à inconsistência das informações que tem recebido sobre a Valec. Parece até que tem gente no atual governo trabalhando deliberadamente para evitar que a equipe de transição veja o que esse trem carrega. Ressalte-se que o futuro governo já revelou a disposição de extinguir a estatal.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.