Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
14.11.17
ED. 5745

A estrela

No que depender de Gilberto Kassab, Henrique Meirelles será a estrela do último programa eleitoral do PSD em 2017, que vai ao ar em 21 de dezembro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

03.11.17
ED. 5738

Campanha na rua

A máquina do PSD já começou a campanha de Henrique Meirelles à Presidência da República. Gilberto Kassab articula, para as próximas semanas, a presença de Meirelles em eventos com empresários de Santa Catarina e do Rio Grande do Norte, ambos governados pelo partido.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

30.10.17
ED. 5735

Portas escancaradas

Gilberto Kassab escancarou as portas do PSD para o retorno da senadora Katia Abreu, alvo de um processo de expulsão do PMDB.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

18.09.17
ED. 5706

O “Pato da Fiesp” e o “Kibe”

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, costura o apoio do PSD a sua candidatura ao governo de São Paulo no ano que vem, a exemplo do que ocorreu em 2014. Desta vez, no entanto, a aliança teria um upgrade: a presença de Gilberto Kassab como candidato a vice. O dueto interessa, sobretudo, a Skaf, que, assim, neutralizaria um possível concorrente na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. De quebra, estima-se que a coalizão com o PSD acrescentaria um tempo extra de mais de um minuto e meio para Skaf brilhar na TV.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

14.09.17
ED. 5704

Meirelles é seu próprio marqueteiro

Henrique Meirelles e Gilberto Kassab deram uma aula ontem de como esquentar o noticiário. Por volta das 15h30, logo após o encontro entre Meirelles e parlamentares do PSD, Kassab anunciou à imprensa à pré-candidatura do ministro da Fazenda à Presidência da República. Chegou a dizer que o vice da chapa não sairia de São Paulo, mas “de outra região”. Em menos de meia hora, Meirelles postou em sua conta oficial no Twitter quatro mensagens em sequência negando a candidatura – ao mesmo tempo em que agradecia aos integrantes do PSD pelas palavras de apoio. O típico desmentido que só faz bem. O jogral garantiu a presença de Meirelles nos highlights do noticiário durante toda a tarde, sempre colado às palavras “candidato” e “presidência”. Em tempo: Meirelles e os líderes do DEM, à frente Rodrigo Maia e ACM Neto, articulam um encontro para a próxima semana. Promessa de mais dendê no caldeirão das especulações eleitorais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

20.07.17
ED. 5665

Os cálculos de Kassab

Nos cálculos de Gilberto Kassab, o PSD termina a reforma ministerial com duas Pastas a mais na sua sala de troféus. Uma delas, a das Cidades.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

19.07.17
ED. 5664

Um nome ambivalente para a Pasta da Cultura

Atual diretor do Teatro Sergio Cardoso, em São Paulo, Luis Sobral foi sondado para assumir o Ministério da Cultura. A rigor, sua indicação deve ser creditada na conta do PSD, de Gilberto Kassab e de Andrea Matarazzo – Sobral foi adjunto do próprio Matarazzo na Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. No entanto, estrategicamente o ministeriável mantém também um pé no PSDB: em 2012, foi tesoureiro de campanha de José Serra na eleição à Prefeitura de São Paulo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

29.05.17
ED. 5628

Brigas de condomínio

Mesmo no apocalipse, ou talvez por causa dele, Brasília não perde de vista seus interesses mais paroquiais. Dois exemplos dessas miudezas:

_________

Na semana passada, o Palácio do Planalto decidiu, às pressas, fatiar a Suframa entre o PSD, de Gilberto Kassab, e o PRB, partidos que têm votado com o governo no Congresso. Dias antes, já havia exonerado Rebecca Garcia da superintendência da Zona Franca de Manaus. A razão? Ela foi indicada para o cargo pelo senador Eduardo Braga, que faz parte da ala fugidia do PMDB.

________

O deputado Jovair Arantes, um dos líderes da bancarada ruralista, briga para manter Francisco Bezerra na presidência da Conab. O ministro Blairo Maggi quer arrastar o cargo para a sua cota.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

• Na cúpula do PSDB e da campanha de João Doria, já se dá como certo que José Serra fará a traição completa. Ou seja: além de costurar, nos bastidores, a chapa Marta Suplicy (PMDB) e Andrea Matarazzo (PSD), subirá no palanque da dupla.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.03.16
ED. 5332

Portas fechadas

A deserção de Andrea Matarazzo já é página virada. Agora, a preocupação do comando do PSDB em São Paulo é evitar que o ex-tucano arraste para o PSD vereadores e deputados estaduais.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

22.07.15
ED. 5168

Coalizão

Está todo mundo querendo tirar uma casquinha do definhamento do PT. O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, articula sua candidatura ao governo de São Paulo, encabeçando uma aliança entre o seu PSD e o PT, com as bênçãos do próprio Lula.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.