fbpx
23.03.20

Seca é a “Covid-19” do agronegócio

A ministra Tereza Cristina tenta obter junto à equipe econômica recursos adicionais para o crédito rural, no âmbito do Plano Agrícola e Pecuário 2019/20. O objetivo é cobrir os prejuízos por conta da seca no Rio Grande do Sul, a pior em oito anos. Produtores de carne bovina, soja, leite e milho relatam perdas de 30%. Os agricultores têm outras reivindicações. Além de maior celeridade no pagamento do seguro agrícola – já acionado por cerca de 5 mil pessoas – querem rolar os empréstimos contratados em bancos públicos para a compra de sementes, defensivos e equipamentos. Vai ser difícil concorrer com a Covid-19 na disputa por verbas públicas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.