07.02.19

Ferida aberta

Mesmo com a iminente indicação do seu nome pelo MDB para comandar a poderosa CCJ do Senado, Simone Tebet está decidida a deixar o partido. Tem um convite do Podemos, feito pelo senador Eduardo Girão. Simone ainda não cicatrizou a ferida da desfeita do MDB, que escolheu Renan Calheiros como candidato à Presidência do Senado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.