14.05.19

Ave de rapina

A Equinor, antiga Statoil, estaria disposta a fisgar metade da participação de 20% da portuguesa Galp no campo de Carcará do Norte. Seria o combustível suficiente para os noruegueses assumirem o controle do consórcio com 50%. Hoje, dividem o posto com a ExxonMobil, cada um com 40%.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.