06.04.16
ED. 5342

Cemig descarrega suas baterias na Renova

 A Cemig cansou de carregar a Renova Energia sozinha nas costas. A estatal negocia com fundos europeus focados em projetos de energia renovável a venda de metade da sua participação na empresa, hoje em torno de 70%. Cemig descarrega suas baterias na Renova Única acionista a subscrever o aumento de capital de R$ 700 milhões realizado no início do ano, a Cemig rechaçou a proposta feita pelo fundo InfraBrasil, dono de 11% do capital da Renova, para um novo aporte na companhia. Em tempo: segundo a fonte do RR, a Renova Energia é o menor dos problemas da estatal. A julgar pelos depoimentos de Delcídio do Amaral, a maior ameaça à companhia é o “Fator Aécio”. Mas essa é outra história. A seguinte empresa não retornou ou não comentou o assunto: Cemig.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.