07.03.16
ED. 5321

Porto do Açu

  O fantasma de Eike Batista ainda paira sobre o Porto do Açu. Agora, é a vez da Shell atrapalhar os planos de expansão da movimentação de barris no terminal. Os holandeses, novos controladores da BG, suspenderam as negociações que ampliariam em até 30% o volume de óleo que será exportado pelo Porto do Açu, na casa dos 200 mil barris/dia. Procuradas pelo Relatório Reservado, as seguintes empresas não retornaram ou não comentaram o assunto: Prumo e Shell.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.