Atenção!

As notícias abaixo são de edições passadas.

Para ter acesso ao nosso conteúdo exclusivo, assine o RR.

planos
02.02.18
ED. 5800

Multiplataforma

O conglomerado de mídia e tecnologia Naspers está garimpando fintechs no Brasil. O objetivo dos sul-africanos é investir em plataformas financeiras que tenham sinergia com seus demais negócios no país, como OLX, Buscapé e iFood.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

12.12.17
ED. 5764

Buscapé na mira do Amazon

A Amazon finalmente “chegou” ao Brasil. O potentado do e-commerce fechou dezenas de parcerias com fornecedores, ampliou seu portfólio no país em mais de cem mil produtos e saiu à caça de aquisições. Segundo informações filtradas da própria Amazon, o nome no seu radar é o Buscapé, controlado pelo grupo sul-africano Naspers. Há muito que a empresa deixou de ser um site de pesquisas de preços para se tornar uma grande operação de marketplace, com milhares de marcas, bem ao gosto da Amazon. Procuradas pelo RR, Buscapé e Amazon não se pronunciaram.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

24.10.17
ED. 5731

Será que vai dar pé?

Dois anos após a saída do último dos acionistas fundadores do Buscapé, Romero Rodrigues, agora é a sul-africana Naspers que cogita vender o controle do site de pesquisa de preços. Nos últimos meses, os sul-africanos têm se dedicado a uma guinada no modelo de negócio do Buscapé, que, desde junho, vem operando como marketplace. A próxima medida será a venda do Ebit, braço de consultoria do grupo. Segundo o RR apurou, a permanência ou não da Naspers dependerá dos resultados da reestruturação. Consultado sobre a venda da Ebit e a saída dos sul-africanos, a Buscapé não quis comentar o assunto.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.

04.09.17
ED. 5697

Aplicativos

O grupo sul-africano Naspers, sócio do iFood e da OLX, está vasculhando o mercado brasileiro em busca de novos aplicativos de e-commerce. Em algumas incursões, conta com a colaboração do ex-presidente da Vivo e da Natura, Roberto Lima, membro do board do grupo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.