04.08.17
ED. 5676

“Ajuste fiscal” do Congresso

Das duas uma: ou o deputado Silvio Torres, secretário geral do PSDB, é um ingênuo ou um sarcástico. Em meio ao armazém de secos e molhados do Congresso, tem defendido o corte de 30% das verbas reembolsáveis para parlamentares, o que inclui combustíveis, refeição, deslocamentos etc. O “ajuste fiscal”significaria uma economia de aproximadamente R$ 280 milhões por ano. Por ora, a proposta empolgou apenas uns gatos pingados masoquistas.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.