02.06.17
ED. 5632

Luz amarela na Copel

A Copel tem se mostrado uma boa cobradora e uma “má pagadora”. De março de 2016 para cá, o valor das contas de luz classificadas como de pagamento duvidoso caiu 30%. Por outro lado, a distribuidora paranaense não tem conseguido abater seu passivo. No mesmo período, a relação dívida líquida/ebitda subiu mais um pouco, passando de 3,3 para 3,5 vezes, como mostra o balanço divulgado companhia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.