23.01.18
ED. 5792

A turma da bola

Há uma articulação orquestrada por Aécio Neves para colocar o senador mineiro Zezé Perrela na presidência da CBF. Fosse em outros tempos, era capaz de Luciano Huck ser chamado para mestre de cerimônias da posse.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.