17.06.19
ED. 6137

Xerife

O presidente Jair Bolsonaro está disposto a ir ao Senado amanhã defender pessoalmente o decreto que flexibiliza as regras para a posse de armas. Assessores tentam demovê-lo da ideia diante da alta probabilidade de derrota no plenário do Senado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.