11.11.16
ED. 5494

Uma dura derrota para Daniel Dantas

O banqueiro Daniel Dantas está remoendo uma de suas maiores derrotas. De acordo com informação veiculada pelo Latin Lawyer, uma das mais prestigiosas publicações jurídicas do mundo, o Opportunity perdeu o bilionário processo de arbitragem que movia contra a ex-sócia Telecom Italia. A Câmara de Comércio Internacional (ICC) decidiu rejeitar os pedidos apresentados por Dantas, seu sócio Dório Ferman e empresas do grupo, que cobravam dos italianos uma indenização de US$ 15 bilhões. A alegação do Opportunity é que a Telecom Italia teria cometido crimes de suborno e pirataria, manobrado investigações policiais e financiado uma campanha na imprensa para forçá-lo a desistir do controle da Brasil Telecom. O RR entrou em contato com o Opportunity, mas não obteve retorno até o fechamento desta edição.  O contencioso remonta a 2005, quando a Telecom Italia rompeu a conturbada sociedade com o Opportunity na Brasil Telecom. O banco alega que os italianos interceptaram informações sigilosas da operadora de telefonia e posteriormente as repassaram a autoridades policiais brasileiras, o que resultou em investigações criminais contra Dantas, mais precisamente as Operações Chacal e Satiagraha – ambas anuladas pela Justiça. Segundo a decisão da ICC, Dantas e Opportunity “não eram vítimas passivas na batalha corporativa com a Telecom Italia” e eles mesmos haviam tomado “medidas agressivas para proteger seus interesses”, inclusive através da contratação de empresa de espionagem Kroll Associates para investigar a Telecom Italia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.