24.07.18
ED. 5916

Um leilão marcado para morrer

A venda das distribuidoras da Eletrobras virou o “samba do leilão doido”. Ainda é considerável a ameaça de novo adiamento das licitações – a primeira delas, da Cepisa, está prevista para a próxima quinta-feira, dia 26, e as outras cinco, para 30 de agosto. A área técnica do Ministério de Minas e Energia considera de alto risco a decisão de ofertar as empresas sem a votação do projeto de lei que equaciona dívidas bilionárias da empresa, na prática dividindo a conta com os consumidores de energia.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.