08.05.19
ED. 6109

Um alívio para os funcionários da Vale

Foi preciso Fabio Schvartsman ser substituído por Eduardo Bartolomeu na presidência da Vale para a companhia dar um afago a sua força de trabalho e tratar os funcionários de Minas Gerais de forma isonômica. Os empregados das minas de Vargem Grande, Fábrica, Pico, Capitão do Mato, Tamanduá, Abóboras, Alegria, Fábrica Nova e Timpobeba, o chamado Sistema Sul, também terão estabilidade até janeiro de 2020. A princípio, a medida estava restrita aos trabalhadores da região de Brumadinho, onde ocorreu a tragédia de janeiro. A medida já está sendo comunicada aos respectivos sindicatos das diferentes regiões. Não custa lembrar que a Vale interrompeu suas atividades em várias unidades de Minas Gerais, colocando um ponto de interrogação sobre o futuro de boa parte de seus quase 20 mil funcionários no estado.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.