Tag: Casa dos Ventos

Empresa

TotalEnergies quer avançar no capital da Casa dos Ventos

8/12/2023
  • Share

Há conversações para que a TotalEnergies aumente sua participação na Casa dos Ventos, umas das maiores empresas de geração eólica no Brasil. Os franceses detêm 35% do capital da companhia, controlada por Mario Araripe. Com isso, a TotalEnergies canalizaria para a Casa dos Ventos um volume ainda maior dos seus investimentos em energia renovável no país. No total, o grupo francês já anunciou que vai desembolsar uma dinheirama equivalente a R$ 500 bilhões no Brasil ao longo dos próximos quatro anos. A cifra engloba também os investimentos em exploração e produção de petróleo.

#Casa dos Ventos #TotalEnergies

Energia

Casa dos Ventos negocia financiamento para seus projetos eólicos

31/07/2023
  • Share

A Casa dos Ventos estaria em conversações com o Citi em torno de um financiamento para projetos eólicos. Uma das possibilidades sobre a mesa é uma engenharia nos moldes da sofisticada operação recém-coordenada pelo banco norte-americano, leia-se uma linha de crédito para a Norsk Hydro e Macquarie instalarem uma usina eólica no Nordeste. Foi o primeiro “mini-perm” em dólar para projetos em transição energética no país. Trata-se de um financiamento com prazo mais longo do que, por exemplo, um empréstimo, mas inferior à média dos empréstimos para a área de infraestrutura. Consultados pelo RR, Casa dos Ventos e Citi não quiseram se manifestar. 

A Casa dos Ventos tem uma meta ousada: até 2025, duplicar a capacidade instalada das suas usinas eólicas em operação – ainda neste ano, a empresa deve chegar à marca de 1,5 GW. Fôlego não falta. Além do acesso a crédito farto, pela qualidade da sua carteira de ativos, a companhia recebeu no ano passado um aporte da TotalEnergies, que comprou 30% do seu capital. 

#Casa dos Ventos #Citi #TotalEnergies

Energia

CGN vai investir em hidrogênio verde no Brasil

21/06/2023
  • Share

O RR apurou que a China General Nuclear Power Group (CGN) pretende investir em hidrogênio verde no Brasil. Há informações de que os chineses conversam com o governo do Ceará para entrar no projeto de implantação de um hub para a produção do insumo energético no Porto de Pecém. Acenam com a possibilidade de aportes da ordem de US$ 3 bilhões, dentro de um programa estratégico mais amplo para a área de energia renovável. A CGN Brazil Energy, subsidiária do conglomerado chinês, anunciou recentemente uma parceria com a Quinto Energy para a construção de um complexo de geração eólica e solar na Bahia, que prevê também a produção de hidrogênio verde em larga escala. A empresa já tem um portfólio com nove usinas em desenvolvimento ou operação, a maior parte herdada da compra da Atlantic Renováveis em 2019.  

Ao menos no papel, o hub de hidrogênio verde de Pecém é o empreendimento mais ousado do setor já anunciado até o momento no país: o governo cearense trabalha com a previsão de investimentos de R$ 70 bilhões, que deverão ser efetuados em cinco anos, contabilizando apenas os memorandos de entendimento já assinados com três investidores: um consórcio formado por Casa dos Ventos, TransHidrogen Alliance e Comerc; AES Brasil e Fortescue.   

#Casa dos Ventos #CGN Brazil Energy #China General Nuclear Power Group #Porto de Pecém

Empresa

Casa dos Ventos procura parceiro para investir em energia solar

14/06/2023
  • Share

A Casa dos Ventos está em busca de um parceiro para investimentos em geração solar. Segundo informações que circulam no setor, um dos grupos com quem mantém conversações é a Echoenergia, leia-se Equatorial Energia. A Casa dos Ventos pretende tornar seus parques geradores híbridos, concentrando no mesmo complexo produção eólica e fotovoltaica. Procurada, a Equatorial disse ao RR que “não comenta sobre possibilidades específicas de negócios ou aquisições”. A Casa dos Ventos, por sua vez, não se pronunciou.

Comprada no ano passado pela Equatorial, por R$ 7 bilhões, a Echoenergia está investindo agora em seus primeiros empreendimentos em energia solar: são dois parques em construção, um na Bahia e outro no Piauí. Em tempo: o RR recomenda que a Casa dos Ventos comece a bater devagarinho na porta da Petrobras. Dica das entranhas.

#Casa dos Ventos

Private equity

Gestora norte-americana investe em energia renovável no Brasil

5/06/2023
  • Share

A norte-americana Exagon Impact Capital planeja investir em projetos de transição energética no Brasil. A gestora, com sede em Nova York, vem mantendo conversações com empresas do setor – entre as quais estaria a Casa dos Ventos e a Ômega Energia. A Exagon Impact montou recentemente um novo fundo, no valor de US$ 300 milhões, para projetos em energia renovável na América Latina. Boa parte desse dinheiro deverá ser descarregada no Brasil. 

#Casa dos Ventos #Energia renovável #Exagon Impact Capital #Omega Energia

Empresa

ArcelorMittal busca mais parceiros no setor de energia

11/05/2023
  • Share

O acordo com a Casa dos Ventos, para um projeto de geração eólica de R$ 800 milhões no Ceará, foi apenas a primeira lufada. A ArcelorMittal pretende fechar outras parcerias para a produção de energia verde. A prioridade é por empreendimentos próximos aos sites da companhia siderúrgica no país, notadamente em Minas Gerais. Gradativamente a ArcelorMittal pretende “limpar” a maior parte da energia consumida por suas usinas no Brasil. De uma só tacada, o acordo com a Casa dos Ventos garantirá o equivalente a 38% das necessidades da siderúrgica até 2030.

#ArcelorMittal #Casa dos Ventos #Energia

Energia

Os bons ventos da Total no Brasil

23/12/2022
  • Share

O RR apurou que a TotalEnergies tem planos de investir mais de R$ 1 bilhão em geração renovável no Brasil. Parte dos projetos serão tocados pela Casa dos Ventos – os franceses compraram recentemente um terço do capital da empresa por aproximadamente R$ 3 bilhões.

#Casa dos Ventos #TotalEnergies

Vento e sol

23/05/2022
  • Share

A portuguesa Galp está se movimentando no mercado para comprar projetos de energia solar no Brasil. Recentemente a companhia adquiriu ativos de geração eólica da Ser Energia e da Casa dos Ventos.

#Casa dos Ventos #Galp #Ser Energia

Three Gorges compra ativos em fila no Brasil

26/01/2016
  • Share

 A julgar pela voracidade da China Three Gorges (CTG), não vai demorar muito para que a franco-belga Suez perca o posto de maior grupo privado de geração do Brasil. Dois meses após vencer o leilão das hidrelétricas de Jupiá e Ilha Solteira, um investimento de R$ 13,8 bilhões, os chineses já estão submersos em uma nova negociação: teriam oferecido cerca de R$ 1,5 bilhão pelo controle da Casa dos Ventos, dona da maior carteira de projetos de energia eólica do país.  Controlada pelo empresário Mario Araripe, a companhia está construindo cinco complexos eólicos, nos estados do Ceará, Pernambuco e Piauí, ao custo total de R$ 6 bilhões. A aquisição daria aos chineses o controle de 41 usinas com capacidade projetada de 1,1 mil MW. O que é melhor: são projetos que já nascem com receita garantida. Todos os parques eólicos da Casa dos Ventos ainda em construção já têm 100% da sua energia contratada. Procuradas, Casa dos Ventos e CTG negam as negociações.  A Three Gorges tem feito um investimento atrás do outro no Brasil. No ano passado, pouco antes do leilão que lhe valeu as licenças das hidrelétricas de Jupiá e Ilha Solteira, pagou R$ 370 milhões por um pacote de 11 empresas de geração. Esta foi uma negociação caseira. Os ativos pertenciam à EDP Brasil, subsidiária da portuguesa EDP, da qual a Three Gorges é uma das maiores acionistas.

#Casa dos Ventos #China Three Gorges (CTG) #Energia Eólica #Suez

Todos os direitos reservados 1966-2024.