20.11.18
ED. 5997

Sérgio Moro e montadoras em rota de colisão

Como se não bastassem os temas de alto quilate que aguardam por Sérgio Moro, caberá ao futuro superministro desvendar um “mistério” sobre quatro rodas: por que, há oito anos, sem cerimônia, o Denatran descumpre a determinação do Ministério da Justiça obrigando os documentos veiculares a registrarem que aquele automóvel não atendeu a um recall da montadora? O órgão garante que a medida será executada em 2019, promessa que já perdeu crédito, tamanho o número de adiamentos. Se Moro se debruçar sobre a questão com o ímpeto que o caracteriza, as montadoras provavelmente terão dias difíceis. Consta que o setor automotivo faz pressão contra a decisão, vista como um “carimbo” de que um determinado modelo saiu com problema de fábrica. Guardadas as devidas proporções, o alerta no documento do carro estaria para as montadoras como as terríveis imagens sobre enfermidades nos maços de cigarro estão para a indústria do tabaco.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.