03.06.19
ED. 6127

Saraiva deixa credores com um pé atrás

Em recuperação judicial, a Saraiva tem encontrado séries restrições para repor seus estoques. As editoras adotaram o expediente de cortar, em média, um terço dos pedidos feitos pela rede varejista para reduzir seu risco. Além disso, novas encomendas estão sendo condicionadas ao pagamento integral da remessa anterior. Fabricantes de celulares já haviam adotado prática similar, o que forçou a Saraiva a encerrar a venda de smartphones em suas lojas físicas. Consultada, a empresa disse que “não comenta tratativas comerciais”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.