04.02.19
ED. 6047

Projeto de lei a futuro

O PSL quer mobilizar o Congresso para votar um projeto de lei alterando o dia da posse do presidente da República e, por extensão, de governadores e prefeitos. A proposta é empurrar a efeméride para fevereiro, coincidindo com o reinício das atividades no Parlamento. Seria uma forma de impedir o engessamento do governo logo na partida em assuntos que dependem do Legislativo. O PSL quer votar o projeto este ano, a tempo de valer para as eleições municipais de 2020. Mas talvez o partido esteja pensando mesmo na próxima posse de um Bolsonaro. Seja ele Jair, Eduardo, Carlos… menos o Flávio.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.