02.09.19
ED. 6191

Pequeno Dirceu

Em sua peregrinação por Assunção, com o intuito de colar o escândalo do acordo de Itaipu no governo Bolsonaro, Zeca Dirceu contou com o apoio de integrantes da esquerda do Parlasul. Representantes do Paraguai e também da Bolívia e do Uruguai no Parlamento do Mercosul ajudaram o herdeiro de José Dirceu a estabelecer pontes com a CPI instalada no Congresso paraguaio. Não demora muito, Jair Bolsonaro capitaliza o assunto e gruda no Parlasul a pecha de “novo Foro de São Paulo”.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.