26.11.18
ED. 6001

Páginas rasgadas

O relacionamento entre os credores da Saraiva e a gestão da empresa é o pior possível. Grandes bancos e editoras estariam se negando a manter negociações com o herdeiro e CEO do grupo, Jorge Saraiva Neto, acusado de prometer uma coisa e fazer outra. A situação tende a ficar ainda mais inflamável com o pedido de recuperação judicial da Saraiva – informação antecipada pelo RR na edição de 1 de outubro.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.