10.01.18
ED. 5783

O silêncio é o melhor cardápio para o Marfrig

O empresário Marcos Molina, dono do Marfrig, tem sido aconselhado pelos próprios dirigentes da companhia a desistir da ideia de processar o ex-governador do Mato Grosso, Silval Barbosa. O temor é que a reação coloque ainda mais lenha nas denúncias feitas pelo político contra Molina. Em seu acordo de delação premiada, Silval afirmou que o empresário pagou cerca de R$ 4,9 milhões em propinas em troca de benefícios fiscais para o Marfrig no Mato Grosso. A torcida na empresa é que esse bife fique bem frio, gelado mesmo, até cair no esquecimento.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.