02.04.19
ED. 6085

Novo round

A informação de que Rodrigo Maia abrirá as portas de sua residência oficial, hoje, para um almoço com líderes sindicais causou apreensão no Palácio do Planalto. O receio é que Maia abra mais um front de enfrentamento com o Executivo e passe a vetar propostas do governo para esvaziar o poder das centrais sindicais. É o caso da Medida Provisória 873, que proíbe o desconto obrigatório na folha dos trabalhadores.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.