fbpx

Com a troca de Onyx Lorenzoni pelo general Braga Netto, Jair Bolsonaro cogitou devolver a gestão do PPI à Casa Civil. No entanto, sequer chegou a soltar o balão de ensaio, como é do seu feitio. Seria choque demais com Paulo Guedes para uma semana só.

Por falar em PPI, sobe no governo a estrela da secretária especial do programa, Martha Seillier. Ligada a Tarcisio Freitas, seu nome está cotado para a secretaria executiva da Pasta da Infraestrutura, onde teria poder transversal sobre o plano de concessões do governo.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.