09.11.16

Toma lá, dá cá

 O governador Luiz Fernando Pezão corre para fechar ainda neste ano a renovação antecipada das concessões da CEG e da CEG Rio, controladas pela Gas Natural, o que pode injetar até R$ 1 bilhão nos cofres públicos. É a chance de o grupo espanhol emplacar um antigo pleito: a autorização para a fusão das duas distribuidoras de gás.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.