fbpx
26.04.16

Sócios da Estácio selam tratado de paz

 A desarmonia societária da Estácio Participações está com os dias contados. Nesta quarta-feira, os principais acionistas vão se reunir na sede da companhia, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, para hastear a bandeira branca e selar importantes mudanças na administração. O empresário Chaim Zaher, maior acionista individual do grupo, com quase 15% do capital, firmou um acordo com os fundos de private equity para mudar a composição do conselho de administração da companhia. O atual chairman da Estácio, Eduardo Alcalay, deixará o cargo, voltando para a GP Investimentos. Será o fim de uma etapa. Alcalay é o executivo mais identificado com a velha ordem societária do grupo educacional, que era comandado pela GP – a gestora de recursos vendeu suas ações para Chaim em 2013.  No lugar de Eduardo Alcalay, assumirá o executivo João Cox, ex-presidente da Claro. Nome de consenso entre Chaim Zaher e os fundos de private equity que permanecem na sociedade, Oppenheimer, Lazard e Coronation, Cox emprestará seu prestígio à reestruturação da Estácio. Chaim terá a maior parte dos assentos no Conselho, com exceção dos membros independentes. Além dele, sua filha Thamila estará no conselho. Como parte do acordo, a diretoria será integralmente mantida sob o comando de Rogério Melzi por mais dois anos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.