fbpx

A relicitação de Viracopos divide o governo e grupos privados do setor. Os investidores pressionam o Ministério da Infraestrutura a realizar o leilão da concessão ainda neste ano. Trata-se de um ativo bem mais atraente do que todos os 22 aeroportos previstos para ser licitados em 2020. Por isso mesmo é que o ministro Tarcisio Freitas quer guardar Viracopos na redoma e empurrar a concessão para 2021. O receio é que a venda do terminal de Campinas eclipse os demais leilões do setor, reduzindo o apetite dos investidores e consequentemente os dotes pelos ativos.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.