fbpx
15.06.20

Rei do jogo de Macau mostra suas fichas no Brasil

A ala pró-cassinos do governo, encabeçada pelos ministros Paulo Guedes e Marcelo Alvaro Antonio, ganhou uma motivação adicional, que atende pelo nome de David Chow. Considerado o rei da jogatina em Macau, Chow já colocou suas fichas sobre a mesa do ministro do Turismo: seu grupo, o Macau Legend, acena com um investimento de US$ 300 milhões para a construção de um resort e de um cassino no Nordeste. Como disse Paulo Guedes na reunião ministerial de 22 de abril, “Não é projeto para “brasileirinho desprotegido, mas para o cara que “entra e deixa a grana lá que ganhou anteontem”. O Macau Legend já gasta por conta no Brasil. O grupo é um dos principais patrocinadores do aparelho de lobby pela reabertura dos cassinos. Além do corpo a corpo no Congresso feito por seus emissários, é também financiador de sites criados para defender a liberação do jogo e dar voz a parlamentares aliados da causa. Há ainda trocas de olhares com cartolas do futebol. Assim como sites de apostas, os cassinos seriam potenciais patrocinadores de grandes clubes. Com faturamento anual de US$ 2,5 bilhões, o Macau Legend controla quatro dos maiores cassinos do país asiático. Seus hotéis ostentam uma taxa média de ocupação de 94%. Nascido em Hong Kong, Chow é conhecido por manter um pé na iniciativa privada e outro na política: foi, inclusive, integrante da Assembleia Legislativa de Macau.

Para poder comentar você precisa estar logado. Clique aqui para entrar.